Fórum apela a presidente do TSE para preservação de direitos das mulheres na política

24 de agosto de 2021 0

Publicado 20 de agosto de 2021 – PSDB Mulher

Foto: Abdias Pinheiro/SECOM/TSE

Uma comitiva formada pela coordenação do Fórum Nacional de Instâncias de Mulheres de Partidos Políticos, da Frente Nacional pelo Avanço dos Direitos Políticos das Mulheres e pelo Observatório de Candidaturas Femininas da OAB/DF apresentou, nesta quinta-feira (19/08), ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, um conjunto de preocupações e anseios com as Reformas Política e Eleitoral em curso no Congresso Nacional.

O temor, segundo a delegação, é com a possível redução dos direitos políticos das mulheres, como a garantia de 30% de presença nas listas partidárias eleitorais, 30% de recursos e de tempo de rádio e TV e 30% de cadeiras para combater a sub-representação. Elas apelaram por mais oportunidades de capacitação para que as mulheres possam participar ativamente da vida pública.

Apoio

Barroso reiterou que a Justiça Eleitoral está de portas abertas para construir consensos e estimular ações positivas de combate à desigualdade de gênero. O ministro lembrou as campanhas publicitárias do TSE com a atriz Camila Pitanga, uma com o slogan “Mais mulheres na política: a gente pode, o Brasil precisa” e a outra convida o espectador a combater a violência de gênero na política.

Ambas as campanhas são veiculadas em emissoras de rádio e televisão e nas redes sociais do TSE. Segundo Barroso, o incremento da participação feminina é bom para o Brasil, pois agrega valor à política. Na ocasião, as mulheres elogiaram as ações, projetos e campanhas da Justiça Eleitoral em favor da valorização e da participação feminina na política.

Harmonia

Antes da reunião com Barroso, a delegação esteve com a ministra substituta do TSE  Maria Claudia Bucchianeri quando também tratou da harmonia entre as mulheres de partidos e da sociedade civil em defesa das garantias políticas e eleitorais já asseguradas por cortes superiores.

Após as reuniões com Barroso e Maria Claudia Bucchianeri, as mulheres foram ao Congresso Nacional para conversar com parlamentares e pedir apoio às propostas que asseguram o espaço político às vozes femininas.

Participam do movimento representantes do PSDB, Rede, PDT, PSB, Cidadania, MDB, PT, entre outros. Acompanharam o Fórum nas reuniões representantes da sociedade civil e dos movimentos sociais, do segmento Elas por Elas, Observatório de Candidaturas Femininas da OAB-SP, do Grupo Prerrogativas, da Plataforma dos Movimentos Sociais pela Reforma do Sistema Político, da Coalizão Negra por Direitos e Pacto pela Democracia.

Nas redes sociais, as representantes publicaram: “Vamos juntas pela defesa dos nossos direitos. Somente com as nossas conquistas já asseguradas é que poderemos ter mais mulheres na política brasileira!”


Deixe uma resposta »