Programa Casa da Mulher em São Paulo oferece proteção, acolhimento e capacitação em todo o estado

24 de agosto de 2021 0

Publicado 24 de agosto de 2021 – PSDB Mulher

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), participou nesta segunda-feira (23/8) do lançamento do programa Casa da Mulher em São Paulo, ação de apoio às políticas públicas de atendimento, proteção e acolhimento de mulheres em todo o estado. O projeto prevê um investimento total de R$ 14,5 milhões em 20 unidades regionais em sua primeira fase, garantindo proteção e acolhimento a mulheres vítimas de discriminação e violência.

“A Casa da Mulher vai permitir o acolhimento, suporte jurídico e psicológico, qualificação e acessibilidade. Serão 20 unidades no estado de São Paulo. Essa é a prova material do respeito do Governo de SP pelas mulheres”, afirmou Doria.

“Esse programa veio para ficar e se torna, a partir de agora, um exemplo para outros estados brasileiros e para o Brasil no tratamento da igualdade, proteção e direitos das mulheres”, disse o governador.

A Casa da Mulher em SP vai envolver um total de seis secretarias estaduais – Desenvolvimento Regional, Justiça e Cidadania, Desenvolvimento Social, Desenvolvimento Econômico, Segurança Pública, Direitos da Pessoa com Deficiência e Saúde. O objetivo é oferecer um espaço adequado para o desenvolvimento de políticas públicas com enfoque regionalizado.

Para a segunda fase do projeto, estão previstas outras 20 unidades. Cada uma delas receberá um investimento de R$ 725 mil. Entre os serviços previstos, estão atendimento psicológico, social e jurídico, realizado por uma equipe multidisciplinar, além de ações de apoio ao empreendedorismo, capacitação, trabalho e renda.

Oportunidades para mulheres

Coordenadora de Políticas para a Mulher da Secretaria da Justiça e Cidadania de São Paulo, Edna Martins destacou a preocupação da gestão com os direitos femininos.

“Este governo tem sido uma janela de oportunidades para a construção de políticas públicas para as mulheres. Em seis meses que estou na Coordenadoria da Mulher, construímos um Comitê Intersecretarial de Políticas para as Mulheres que está em pleno funcionamento. Estamos criando os Núcleos Regionais de Defesa da Mulher para chegar mais perto dos nossos municípios e dos conselhos municipais de direitos da mulher. Vamos lançar a Casa da Mulher em São Paulo para o acolhimento e capacitação das mulheres nos municípios”, elencou.

“No último período, João Doria nos convidou para participar das reuniões do Secretariado para discutir as políticas do Estado na perspectiva das mulheres, igualmente incluindo negros, diversidade e juventude. Temos muito por fazer, mas temos a certeza de que trabalhamos com um grande gestor, conectado com os novos tempos. Viva a luta das mulheres”, completou a tucana.

*Com informações do portal do Governo de São Paulo


Deixe uma resposta »